6 perguntas sobre um ano de 5G no Brasil.

Um ano do 5G no Brasil! ūüď°ūüďĪNo dia 5/11/21, uma manh√£ de sexta-feira, terminou o leil√£o do espectro destinado ao 5G, que foi o segundo maior da hist√≥ria do Brasil, com uma arrecada√ß√£o de R$ 7 bi e R$ 46,8 bi movimentados. O √°gio m√©dio foi de 237% – o que indica o n√≠vel da competitividade que tivemos. Maior do que esse, apenas o do pr√©-sal.

Falando em leil√Ķes de espectro de frequ√™ncias, al√©m de ter sido o maior da hist√≥ria do Brasil (7 vezes mais rent√°vel que o do 4G), est√° sendo considerado por alguns analistas o maior do mundo.

Todas as 15 empresas cadastradas deram lances, e cinco novas operadoras entraram mercado com outorgas em faixas regionais e nacionais: Winity Telecom, Brisanet, Consórcio 5G Sul, Neko e Cloud2u.

Panorama dos vencedores do leil√£o – Fonte: Valor.com

Tivemos avanços bastante significativos e o objetivo desse artigo é repassar um pouco do que aconteceu ao longo desse ano de desafios e feitos.

1 РSó um ano mesmo de 5G?

A resposta depende… Se considerarmos o 5G SA (Standalone) objeto do leil√£o e chamado de 5G puro, sim temos um ano do leil√£o e 4 meses da primeira ativa√ß√£o em Bras√≠lia – 06/07. Nessa tecnologia, Brasil foi o primeiro pa√≠s da Am√©rica Latina a implantar.

Já se formos considerar também o padrão 5G NSA que já estava em operação antes do leilão, ele foi habilitado no Brasil em julho de 2020. Considerando a América Latina, fomos o terceiro a ter rede ativada pois o Uruguai (abr/2019) e Suriname (dez/2019) já tinham habilitado 5G NSA.

2 РSe o leilão aconteceu em novembro de 2021 porque as redes só começaram a operar em julho de 2021?

H√° uma quest√£o importante no que diz respeito a banda escolhida para a opera√ß√£o do 5G: ela j√° est√° em uso por outra tecnologia de transmiss√£o – o sistema TVRO (do ingl√™s “Television Receive Only”), o nome t√©cnico da transmiss√£o de canais de TV parab√≥lica.

Espectro de frequências 5G SA РFonte: Arquivo Pessoal

Veja na figura acima a representação do espectro de frequências alocado para o 5G comparado com o serviço de TV via parabólica na banda C estendida. Note que há uma intersecção com as faixas das operadoras regionais do SMP (Serviço Móvel Pessoal) e com o SLP (Serviço Limitado Privado) Рque é dedicado às redes 5G privadas.

Portanto, a solu√ß√£o foi “limpar” o espectro propondo a migra√ß√£o dos canais que transmitem na banda c estendida para a banda Ku. Tal opera√ß√£o deve acontecer com cerca de 118 canais e outros novos 92 devem ser criados j√° na nova banda.

O impacto dessa mudan√ßa √© a adequa√ß√£o dos receptores e antenas parab√≥licas dom√©sticas trocando aqueles que n√£o tem capacidade de operar na banda ku. Para os cerca de 9 milh√Ķes de domic√≠lios inscritos no Cadastro √önico de Programas Sociais do Governo, os kits ser√£o fornecidos gratuitamente e subsidiados pelas operadoras, a um investimento de R$ 3bi no total. Os demais ter√£o que adquirir a um custo de cerca de R$ 300.

3 РO que é uma rede privada?

Desde a ado√ß√£o do 4G, os √≥rg√£os reguladores v√™m destinando faixas do espectro a serem ocupadas por sistemas de rede celular privada. Essas redes podem ser de grande valia para a ind√ļstria, o agroneg√≥cio e o setor de servi√ßos em geral.

Algumas vantagens em ter esse tipo de rede:

  • Alta qualidade de servi√ßo;
  • Rede dedicada, com recursos pr√≥prios e com gest√£o independente das operadoras;
  • Seguran√ßa com n√≠vel de redes celulares. Como n√£o h√° exposi√ß√£o externa, os dados confidenciais permanecem dentro da organiza√ß√£o;
  • Desempenho otimizado considerando os casos de uso necess√°rios: baixa lat√™ncia, prioridade de tr√°fego, alta velocidade, densidade de dispositivos, etc;
  • Resposta a incidentes e falhas gerida diretamente pela organiza√ß√£o, o que pode abreviar o tempo de reestabelecimento do servi√ßo.

4 РRegulamentação das redes privadas

Quando o ato¬†Ato n¬ļ 8.991/2022¬†ainda era uma consulta p√ļblica (30/2021), descrevi algumas dessas caracter√≠sticas no artigo”Quais os requisitos t√©cnicos para ativar uma rede 5G privada?“, por√©m em resumo h√° alguns cuidados a serem tomados:

  • Para esta√ß√Ķes outdoor, as antenas n√£o podem ficar a mais do que 6 metros do solo;
  • A pot√™ncia m√°xima irradiada ser√° de 30 dbm Indoor e 26 dbm Outdoor;
  • 400 metros de dist√Ęncia entre a borda de cobertura e esta√ß√Ķes terrenas que operem entre 3,8 e 4,2 GHz. Isso se deve ao cuidado principalmente com os radares altim√©tricos que abordamos no artigo: “√Č poss√≠vel o 5G interferir nos radares altim√©tricos dos avi√Ķes?“.

Há uma série de outros requisitos descritos no ato da ANATEL prevendo inclusive a instalação de sincronismo para mitigar a interferência de sistemas muito próximos. Essas normas possibilitam a instalação segura de sistemas diferentes em unidades fabris vizinhas, por exemplo.

5 РComo anda o avanço da cobertura 5G no Brasil?

Depois de todas as capitais cobertas Рmarco atingido em 07/10, 6,6 mil antenas ativadas (façam as contas do ritmo de implantação em 1 ano!) e as cidades acima de 500 mil habitantes na mira, o 5G é realidade para uma parcela importante da população. Veja no infográfico abaixo do craque José Felipe Ruppenthal um resumo sobre a implantação nesse ano:


Panorama 5G – Setembro 2022 – Fonte: Jose Felipe Ruppenthal – Kyndryl

Veja que os acessos NSA, provavelmente em terminais que eram compat√≠veis tamb√©m com o 5G SA migraram de uma tecnologia para a outra gradualmente. Quanto a cobertura, ainda temos o desafio de capacitar as demais 93 mil Esta√ß√Ķes R√°dio Base – ERBs com a tecnologia 5G e crescer esse n√ļmero em algumas vezes para prover a mesma cobertura do 4G/3G/2G, por√©m com a performance do 5G. Ser√° que chegaremos a 500 mil antenas?

6 РO que vem por aí?

Apesar do cronograma do edital prever implanta√ß√Ķes de 5G nos munic√≠pios gradualmente at√© 2029, como j√° discutimos anteriormente, a demanda do mercado por conectividade est√° antecipando esse cronograma.

Tivemos duas a√ß√Ķes bem relevantes na expans√£o da cobertura do 5G:

  • A autoriza√ß√£o para a limpeza do espectro nas cidades com popula√ß√£o maior do que 500 mil habitantes, possibilitando uma antecipa√ß√£o de cobertura que estava para 2025 no edital. Os munic√≠pios com mais de 500 mil habitantes s√£o: Feira de Santana – BA, Juiz de Fora – MG, Campinas – SP, Sorocaba – SP, Guarulhos – SP, Uberl√Ęndia – MG, Londrina – PR, Campos dos Goytacazes – RJ, Caxias do Sul – RS, Joinville – SC, Ribeir√£o Preto – SP e S√£o Jos√© dos Campos – SP
  • Ampliar essa limpeza para as cidades localizadas nas regi√Ķes metropolitanas das capitais e dos munic√≠pios com mais de 500 mil habitantes. Com essa fase 505 munic√≠pios podem ser beneficiados. Cidades como Guarulhos – SP, ABCD Paulista e Niter√≥i – RJ entraram nesse bloco.

Veja nessa matéria a lista completa de cidades.

O que achou dos avanços nesse primeiro ano de 5G?

Sou Mauro Periquito, Engenheiro de Telecomunica√ß√Ķes e Associate Partner na Kyndryl, onde desenvolvo e gerencio projetos de transforma√ß√£o digital para ind√ļstria, utilities, minera√ß√£o, agroneg√≥cio e operadoras de telecomunica√ß√Ķes. Em minha trajet√≥ria profissional tenho como prop√≥sito traduzir as necessidades dos clientes em solu√ß√Ķes customizadas.¬†

Também atuo em outras frentes como mentor, palestrante, conselheiro consultivo e escrevo diariamente no LinkedIn sobre gestão de pessoas, carreira, inovação e tecnologia, com a missão de trazer uma visão descomplicada sobre a tecnologia.

Durante minha carreira trabalhei em multinacionais no Brasil, pa√≠ses da Am√©rica Latina, Espanha, Porto Rico, Emirados √Ārabes Unidos e Qatar. Em meu tempo livre, sou um grande entusiasta do ciclismo em seus diversos modos, incluindo o cicloturismo.

Artigos relacionados:

Continue me acompanhando no meu Instagram.